Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2008

Desligue a TV e vai ler um livro...

Há quatro anos eu não sabia o que era chegar em casa tranquilamente e assistir um pouco de televisão após o trabalho, já que os últimos foram dedicados totalmente à faculdade de jornalismo e a todas as atividades possíveis que ela me oferecia (sim, sempre fui nerd! rs). Contudo, cada vez mais fico decepcionada ao ver canais que repetem fórmulas antigas de histórias, outros que apelam ao irreal e, principalmente, com os que usam o corpo de mulheres e homens e o assunto ‘sexo’ para alcançar o máximo de audiência.
É incrível disto tudo é justamente a forma como o sexo é tratado hoje em vários lugares, o que me incomoda bastante. Não sou puritana, acho que todos podem ser livres para fazerem o que quiserem, mas tratar isso como forma de status, luxo, riqueza e como diferencial da sua personalidade já é outra coisa...
Na realidade muitas pessoas utilizam o tema sexo para parecerem modernas e avançadas, à la Sex in the City, fogem da sua própria idéia para estar na moda. Aliás, nunca havia a…

Ai meu Deus, a Sininho e a Minnie foram presas!

Imagem
Fiquei surpresa hoje com a notícia de que o Mickey Mouse, Aladin, a Branca de Neve e vários outros personagens da Disney foram presos em Los Angeles porque reclamavam por melhores condições de trabalho. Pensei que isso só existisse no mundo real... Até sabia que a Cruela Cruel e a Maga Patalógica gostavam de uma greve e que os sobrinhos do Pato Donald participaram de movimento estudantil, só não imaginava que eles conseguiriam organizar algo tão encantado...
Mas a confusão não parou por ai: a Branca de Neve ficou em uma cela separada dos sete anões, o Pluto foi mandado direto à carrocinha, o Zé Carioca posou todo fanfarrão para os paparazzis e a Cinderela foi colocada no camburão à força, já que decidiu voltar ao local da greve para pegar o sapatinho que perdeu. Deveria ter deixado lá, o princípe iria achar depois mesmo! A única coisa que me deixou muito triste de verdade foi a prisão da Sininho, tão meiga e tão boazinha. Sempre foi a personagem que mais gostei, por ser tão linda com to…

Beleza barata...

Realmente não há mais o que inventar. Pela ditadura da pele perfeita, as mulheres são capazes de tudo e mais um pouco. Não estou as julgando e dizendo que isso é errado, até porque sou apaixonada por cremes e não vivo sem filtro solar ou hidratante. Contudo, há coisas que passam da vaidade para o exagero e que chegam a assustar até quem gosta de passar seus dermocosméticos queridinhos.

Digo isso porque estava navegando pelo site de notícias G1 e fui surpreendida pela notícia de uma novidade em tratamento da pele. Como trabalho como jornalista em uma empresa de dermocosméticos e princípios ativos para beleza e saúde, é óbvio que teria que checar a informação. Eis então que leio: “Por beleza, coreanas passam 'creme de barata' no rosto”. Peraí, 'creme de barata'?

Isto mesmo. Na esperança de ficarem mais jovens e bonitas, as mulheres aplicam uma espécie de máscara facial com o extrato de baratas, que são moídas vivas pouco antes da aplicação na pele. Tem até um vídeo no YouT…

Depois que eu falo ninguém acredita...

Eu não posso fazer nada, porém essas coisas só acontecem em Valinhos. A primeira notícia eu não acreditei, contudo é verdade. Mas para relatar serei breve e objetiva:

1) Uma pessoa aqui da cidade que tentou ficar famosa no programa Ídolos, quando era do SBT, se candidatou a vereadora. Preciso falar alguma coisa?
No mínimo ela vai querer ser eleita para tentar cantar no microfone da Câmara Municipal em dia de sessão, mas mesmo assim ninguém vai querer ouvir. Peço por gentileza que chamem o Sacomani para dar um jeito nela novamente...

2) ¡ Caramba* ! Já começou a palhaçada de pintar muros com nome de candidatos, carros de som e banners por todo lugar que você olha. Será que isso faz com que as pessoas votem mais em você?
3) Domingo foi carreata e fogos de artíficio, hoje cidade enfeitada com números e amanhã? Espere só para ver... * Agora virei uma mocinha educada, 'de garbo e elegância', e nada mais de palavrões em meu vocabulário, quer dizer, nem tantos assim...

Eu só queria durmir...

Valinhos, cidade no interior de São Paulo onde tudo pode acontecer. Conhecida por suas plantações de figo e goiaba, tem muros cada vez mais verdes, buracos que perseguem sem dó os moradores e eleições municipais únicas, sempre cheias de novas surpresas.

O parágrafo anterior pode parecer totalmente piegas, mas realmente é o que acontece neste município cheio de altos e baixos (literalmente) e que sempre é dirigido por pessoas que gostam de buracos e barrancos. Aliás, poderia dizer que Valinhos estima muito seus barrancos e buracos, pois esta deve ser a única explicação plausível que define porque todo mundo é obrigado conviver com eles. São nossas maiores riquezas e totalmente ‘excelentes’.

Nesta cidade outras coisas maravilhosas acontecem também, a exemplo de carreatas eleitorais cheias de empolgação e ânimo num domingo de manhã, bem em frente a minha casa. Sim, DOMINGO DE MANHÃ, aquele dia da semana que você quer durmir até mais tarde se não for trabalhar...

E como se não bastasse, caso…

A doce vida fictícia de Joaquina...

Joaquina é do tipo de pessoa que gosta de aparecer. Cabelo arrumado e cílios quase que postiços ganham força com a maquiagem desenhada e roupa da moda. Não importa seu tipo físico, o importante é estar de acordo com os padrões que idolatra. O visual, quase sempre impecável, combina perfeitamente com seu mundo, desenhado especialmente para sua existência.

Neste lugar que julga ser somente seu, Joaquina gosta de se impor e para isso não mede esforço. Bonita como ela só, sabe dançar, conversar e é divertida. Não tem vergonha de falar que seu gênio é forte sempre que quer arranjar um adjetivo que resuma seu estilo de vida. Aliás, quando o assunto é adjetivos e substantivos, Joaquina considera-se a mais correta e a mais indicada a dizer ou escrever algo (para não dizer a única); ninguém está tão apto a colaborar. Mesmo se plural é singular, não importa! Esse mundo é só dela e quem decide é ela...

Para impor sua vontade se esquece que em seu mundo há muitas outras pessoas que, assim como ela,…