sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Será que falta tempo mesmo?

Um amigo disse-me há alguns dias que não para para olhar o céu porque não tem tempo para isso. Juro que fiquei espantada com a afirmação e pensei rapidamente: que pessoa neste mundo não tem um minuto sequer para olhar para cima e contemplar uma coisa tão bonita?

Assim que o questionamento estampou meu pensamento logo veio a resposta, fria e direta: antes de qualquer coisa há quanto tempo eu, euzinha, não consigo parar um minuto do meu dia para ver, sei lá, o tempo lá fora pela enorme janela bem à minha frente, das 8 às 18 horas, de segunda a sexta-feira?

Podemos até dizer que a correria e as necessidades momentâneas, principalmente a eterna urgência disfarçada de falta de planejamento (sua e dos outros), são as grandes culpadas pela falta de tempo, mas a verdade é que esta culpa é somente nossa e de mais nada.

Se parássemos um minuto de nosso dia e olhássemos a beleza do céu, ou seja lá o que for que lhe deixa feliz, o dia seria mais leve, ganharia um ritmo diferente e a reclamação poderia se tornar um comentário bom.

Poderíamos até ter uma visão bem mais realista de que, na realidade, estas correrias e trabalhos são momentâneos, mas que estes pequenos momentos de contemplação, de um minuto que seja, são eternos e ficarão gravados em nossa mente, como o dia em que o céu estava tão lindo que mereceu ser admirado e registrado na memória. Ou você prefere se lembrar do dia em que teve que engolir uma resposta atravessada por toda a sua vida?

Eu, sinceramente, ainda prefiro o céu...

11 comentários:

Márcio Luiz Soares disse...

Eu tenho uma facilidade incrível para esquecer das coisas ruins. E tenho outra facilidade incrível (em meio a tanta correria) de arrumar um tempinho, segundos que seja, para contemplar a beleza da vida, da natureza e do ser humano. Torna as nossas vidas um pouco melhor. A gente merece!
Beijo

Danilo Barra disse...

Pensamento irônico do dia: "Tem me faltado tempo diariamente para ler blogs de amigos... falta-me ainda mais para comentá-los"...

Bjs Gabi!

Bela disse...

Eu sempre tenho um tempinho para olhar para o céu, ver desenho nas nuvens, noites de lua cheia, será que é porque um dos meus desejos era poder voar, rsrs.
Bjinhos ;)

Deise Leal disse...

belo texto!
Por alguns anos eu não encontrava esse tempo, mas agora além de olhar o céu, olho o mar,, para o outro, para o espelho, olho para os lados, para frente e para trás... Sinto cheiros, escuto tudo e falo mais... Além da vida se tornar mais interessante, acho que eu também fiquei mais completa.

Thiago Daniel disse...

Olá...
desculpe aparecer por aqui... mas encontrei seu blog no do felipe zangari e resolvi dar uma olhada...
gostei muito de seus textos e de sua forma de escrever...
peço permissão para continuar seguindo ele...
Abraços!!!
Thiago.

Deise Leal disse...

Gabi, adorei a matéria. Publiquei no blog o link e a entrevista completa ta? vc sabe que falo demais mesmo hehehe. Valeuuuu, amigaaaa
beijos sustentáveis e boa semana!!!

Marcelo Mayer disse...

a hora do sim é o descuido do não, gabi!

beijos!

LUNA disse...

En esta vida, dedicamos mucho tiempo a cosas, que con el tiempo olvidaremos...
Quedará en nuestra memoria, las horas felices. Los amaneceres, los ocasos, los cielos oscuros llenos de estrellas, el arco-iris después de la tormenta...
El color y perfume de las flores...
Los abrazos, los besos, las caricias...
La mirada pura de un niño...

Yo creo que vale la pena, parar y buscar tiempo para disfrutar de esas cosas....

Es una inversión rentable, que no bajarán de valor en la bolsa de la vida.
Un besito, querida amiga.
Sabes? Ahora vivo en Madrid...
Si quieres venir, aqui tienes tu casa.

Fernando disse...

Um mês sem portar nada! XD
Tomara que tenha tempo um dia desses!
É sempre bom ler seus textos!

Até!

Gabriela Angeli disse...

Oi, Márcio, como vai?

Excelente essa sua capacidade de esquecer o que não lhe faz bem e aproveitar, por segundos, a beleza que há fora de nossas mentes. E a gente merece, mesmo!

Beijos!

***

Oi, Danilo!

Hahahaha, compartilho deste pensamento! Rs

Beijos!

***

Oi, Bela!

Aliás, céu que nestes últimos dias está maravilhoso! A lua é outra coisa que me deixa impressionada...

Beijos!

***

Oi, Deise!!

Se torna mais leve, o que é muito melhor! E pode publicar a matéria sim sim! Que bom que gostou, obrigada pela ajuda!

Beijos e espero que tenha tudo dado certo!

***

Oi, Thiago! Seja bem-vindo!

Muito obrigada pelos elogios, fico feliz em saber disso! Pode seguir sem problemas! Rs ;)

Beijos!

***

Oi, Má, meu amigo mais que querido!

Ou seria ao contrário? Rs

Beijos!

***

Luna, querida, há quanto tempo!

Seus comentários soam como poemas e só acrescentam minhas percepções! Que lindo isso!

E vc está em Madrid? Um dos lugares que mais quero conhecer!

Besos y besos!

***

Oi, Fernando!

Fiquei um tempo sumida, prometo que não farei mais isso! Obrigada por gostar de meus textos!

Beijos!


A todos: obrigada por sempre comentarem aqui! ;)

Gabriel disse...

Parece que tem faltado tempo para você escrever mais em seu blog em2010...rs Que pena!

Há uns 2 meses fui observar o céu no sítio Terra Mãe em Joaquim Egídio num evento com um astrônomo do Observatório de Campinas, Júlio Lobo. Foi demais!!
As visitas no observatório também ocorrem todo domingo das 17 as 21, eu acho...