sábado, 20 de novembro de 2010

Há como dizer não aos amigos secretos?

Perto do fim do ano, o décimo terceiro ainda nem caiu na conta e já começa a época dos amigos secretos em tudo quanto é lugar: na faculdade, no curso de idiomas, no trabalho, na igreja, no clube, no Facebook, no elevador, na comunidade secreta dos amantes dos Ursinhos Carinhosos... enfim, em todos os locais nos quais haja mais de uma pessoa com vontade de dar presente bom e ganhar um bem, mais bem ruim. 

Envolvido pela pressão de participar desta brincadeira tão injusta, você pode acabar influenciado e pegar aquele maledeto papelzinho ou entrar no sorteio on-line. E o que era ruim para quem não gosta de amigo secreto sempre pode piorar: você tira o(a) mais chata(o) do mundo, pelo menos naquele grupo de pessoas, ou aquele que pediu o presente mais caro!

Por isso, se você não quer participar da brincadeira ou não está com dinheiro a mais para gastar com isso  - seja qual for o motivo - não sinta-se mal em dizer "Não quero", mesmo que as pessoas peguem no seu pé. Não há nada de errado em não querer integrar algo que não lhe agrada. E se você gosta da brincadeira, por favor, não diga que quem não quer participar é um antissocial ou inicie julgamentos precitados e paralelos: tem gente não gosta disso e ponto, apenas respeite!