sábado, 10 de janeiro de 2009

Aquela canção...

Ao ouvir as primeiras notas você começa a lembrar-se do dia que tomou muita chuva, em uma tarde qualquer, e gostava de sentir o gelado das gotas escorrendo pelo rosto e por todo o corpo. Aquela água fria fazia com que você se sentisse vivo mesmo que, dias depois, muito resfriado.

Basta um novo acorde para que seu braço fique todo arrepiado. Sua barriga congela e você sente um leve calafrio na espinha. Até parece a sensação do seu primeiro beijo e não é o da época da escola, mas aquele quente, molhado, estranho e com gosto de descoberta, dado de surpresa por aquela pessoa que você nem esperava. É o mesmo arrepio que será buscado a cada novo beijo ganhado ou em novas bocas beijadas.

O ritmo passa a ditar o sentido aos movimentos e ao pensamento; é impossível não se deixar levar. Os olhos fecham e sua mente cria o cenário ideal para vivenciar aqueles versos cantados, que seguem cautelosamente o ritmo de cada instrumento e de cada batida. As endorfinas estão a todo vapor e o sorriso, mesmo que tímido, é inevitável e sincero.

Nos últimos arranjos você já começa a abrir os olhos, seus pensamentos podem novamente ser controlados e o frio na espinha vai embora. As endorfinas parecem diminuir sua atividade e o arrepio termina junto com a canção.

Existe alguma música que te faça sentir a mesma coisa?

12 comentários:

Rodrigo disse...

Sim...
Todas que tem me lembram um momento especial, alguem especial ou um lugar especial.

Gabriela, leio seus POSTs, nao com muita frequencia, mas leio... E gosto deles, mas na minha opiniao... Voce conseguiu descrever muito bem os sentimentos. Parababens.
Rodrigo

Silas disse...

Poxa Gabs...queria escrever igual vc.
Meus textos sao "duros", blocados, quadrados, vazios de conteudo e sentimento.

Daria uma ótima redatora publicitaria Gabi!!
continue assim pois vc me inspira a escrever melhor meus posts!

(qnta exclamaçao ne? ate parece anuncio de varejo)

bjs

Luna disse...

www.youtube.com/watch?v=VB7S20vx0T4

No meu blog, eu dediquei esa música ao meu marido-

Ë exactamente o que eu penso, depois de 37 años de casada.mais 6 de enamorados.

npublio disse...

Gabi,
Você sabe o quanto sou sua fã.
Seu blog está na lista dos meus favoritos. Assim, sempre que posso, dou uma olhadinha.

Beijos,

Nat Públio

Gabriela Angeli disse...

Oi, Rodrigo! Fique a vontade para voltar sempre que quiser. Obrigada pelas palavras e pelas visitas! = )

*** *** ***

Silão,

São seus olhos, viu, obrigada! Tenho certeza que se você colocar no papel (em forma de texto tbm) toda a sua criatividade não vai sobrar para ninguém! rs

Quanto à redatora publicitária, pagando bem que mal tem? risos... brincadeira...

Ah! Outro dia elogiaram a capa do meu trabalho de conclusão, ainda te devo uma!

(essa resposta ficou cheia de três pontinhos, te lembra alguém? rs... saudades de vc!)

*** *** *** ***

Oi, Luna! Verei o vídeo de sua música favorita, obrigada por repartir isso comigo!

Uma das que me fazem me sentir assim é "Another day in paradise" e "En Muelle de San Blás", além de várias outras...

*** *** *** *** ***

Públio! Você sempre muito linda e fofa! Sinto sua falta, amiga!

Um beijo para todos e obrigada pela visita! ; )

Luna disse...

Gabriela, muito obrigado, por esatar de seguidora do meu blog.
Espero n´¨ao defraudar.
Um abrço.

Armando Maynard disse...

Sim, a música retrata aquele instante, aquela época, ou seria um filme cuja trilha dispara na tela da memória as imagens de tudo que se passou naquele momento de muitos anos atrás.(Gabriela, li seu recado, obrigado pela atenção, não se preocupe se não conseguir). Um abraço Armando

Luciano disse...

Olá você poderia ouvir a música do meu último post para saber se você sentir o calafrio
Ciao potresti ascoltare la musica del mio ultimo post per sapere se ti fa sentire i brividi
Desculpe se eu usar o tradutor, http://translate.google.com/ mas não sei Português

Emerson Souza disse...

Oi Gabi,
Acho que a música "Último Romance", do Los Hermanos, chega mais próximo disso.
Bjus.

Gabriela Angeli disse...

Luna, é um prazer enorme seguir seu blog e obrigada por sempre passar por aqui! = )

*** *** ***

Oi, Armando! Há também filmes que nos despertam estes sentimentos e tenho certeza que você deve ter uma lista enorme deles, certo? risos... eu também tenho!

Quanto ao contato, não o consegui ainda, mas não deixei de tentar! = )

*** *** *** ***

Oi, Luciano!
Imagina, eu também usei o tradutor para comentar em seu blog, uma vez que não sei falar italiano. Aliás, a música é bem bonita, obrigada por dividir isto comigo! = )

*** *** *** *** *** ***

Oi, Emerson!
Los Hermanos é tudo de bom, sempre gostei. É uma excelente dica! = )


Um beijo enorme para todos e obrigada pelos comentários e pela visita!

Gabi.

Fernando disse...

Se tem uma música que me arrepia a espinha toda vez que (re)descubro o amor é Let's Get Lost do Chet Baker:

http://br.youtube.com/watch?v=Q0ZBaZoBCaA

Ela é fantástica... fora a letra que reflete a atitude que qualquer um tem quando fica "meio-bobo" ;-)

É revigorante ouví-la em dias felizes...

Gabriela Angeli disse...

Fernando, adorei a dica. A melodia é muito bonita! = )

Obrigada por compartilhar isto comigo!

Beijos!