quinta-feira, 26 de maio de 2011

A má educação é irmã da arrogância...

Nada justifica uma pessoa ser mal-educada ou insolente. Aliás, sou do tipo que não tem mais paciência para aguentar esta variação de ser humano, que faz da ignorância e da ironia sua personalidade ou as utilizam como uma máscara à presunção e à sabedoria descabida e inexistente. Ninguém tem a obrigação de aguentar estas coisas.

Na realidade acredito que a má educação esconde algum tipo de defeito ou insegurança muito grave, justamente aquilo que deve ser omitido a qualquer custo e que denuncia a verdadeira personalidade egocêntrica do fulaninho. Ao invés da arrogância com o outro, não seria melhor olhar para seu próprio descontentamento pessoal? Nariz lá em cima nunca foi sinônimo de poder e inteligência, mas de falta de confiança em si mesmo.

Vale ressaltar que ninguém é superior a ninguém e que, um dia ou outro, vamos acabar indo para o mesmo tipo buraco, não importa quem seja ou o que tenha. Atitudes medíocres de superioridade inexistente só perduram enquanto seus autores vivem em sua própria limitação de vida. 

3 comentários:

andre kater disse...

Parabéns, Gabriela! Você escreve de maneira ácida, sem ofender. Uma escrita crítica, contudente. ADOREI!
Bjos, André

Vanessa Vieira disse...

Adorei seu blog...to se seguindo
vc escreve muito bem, parabéns!
depois dá uma olhada no meu
http://comicaseironicasdaocronicas.blogspot.com/

bjoos e parabéns novamente!

Gabriela Angeli disse...

Olá, André, obrigada por sua visita e pelos comentários, fiquei muito feliz!

Um beijo, Gabi.

***

Olá, Vanessa, obrigada também por sua visita e comentários. Vou retribuir a visita! ;)

Um beijo, Gabi.